Recomendações

(94)
C
Claudio Jalapão
Comentário · há 8 meses
Seria mais razoável ajustar o texto constitucional para : Todo o Poder emana dos bancos, pelos bancos e para os bancos será exercido.
A pretexto de reduzir juros porque a inadimplência era muito grande alteraram a lei de falencias para privilegiar seus créditos em moeda estrangeira - logo após conseguirem o pretendido aumentaram os juros na cara dura... O Decreto Lei 911 é uma medida espúria, editada Manu militar por força do AI 5 e inaugurou a ora Jaboti"porque em seu bojo trata de alienação fiduciária, busca e apreensão, armazéns gerais, etc... Esses governos de esquerda que se sucederam (FHC, Lulinha paz e amor, Dilma et caterva) viveram 'de boa' com os bancos e permitiram que os juros cobrados no cartão de crédito chegassem a 700% a.a. Nos EUA o cartão cobra caro! Cobra 22% ao ano. Nossos salvadores se entregam. entendo, como desde o início, que o DL 911 não foi recepcionado e obtive sentença a favor dessa compreensão. Mas como todo poder emana dos bancos, pelos bancos e para os bancos será exercido vamos continuar imersos em nosso fascínio pelos países civilizados ...
Mais uma coisa para quem tiver de questionar empréstimos em moeda estrangeira. É preciso exibir o contrato de empréstimo com o banco estrangeiro (Bacen Resol 69) e comprovação do ingresso da moeda no Brasil porque os bancos, falseiam esse tipo de operação. Emprestam dinheiro próprio, nacional, e cobram em moeda estrangeira. Afinal, como bem disse JOHN KENNETH GALBRAITH (A Era da Incerteza)" Nos negócios bancários, a confiança provém da segurança no agir e da elegância no vestir ". Nada além disso!
Como ele era bem humorado - e também sou - fica uma última observação certeira que fez na obra citada sobre Jenny Marx, que, sem sorte, sustentou o consorte:" A mulher nenhuma, desde Maria, o casamento anunciou tanto "
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros advogados em Contagem (MG)

Carregando

Rosemary Castro

Entrar em contato